Dias D’Ávila: Prefeita terá de devolver salário cortado de professores grevistas
 
A prefeitura de Dias D’Ávila, na Região Metropolitana de Salvador (RMS), acaba de perder uma quebra de braço com o sindicato dos professores [APLB]. Uma decisão em caráter liminar deu ganho de causa aos docentes, o que obriga a prefeita Jussara Márcia do Nascimento a devolver parte do salário cortado dos professores que entraram em greve neste ano no município. A determinação, do desembargador Baltazar Miranda, do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), foi publicada nesta terça-feira (31). Conforme o magistrado, a prefeita terá de ressarcir os docentes sobre o que foi retirado dos grevistas. Caso não cumpra a medida judicial, a gestora terá de pagar multa de R$ 50 mil, e ainda precisará comprovar a restituição dos atingidos em folha de pagamento. Na decisão, favorável ao núcleo da APLB, o desembargador considerou que os docentes já haviam retornado às atividades, repondo, inclusive, as aulas que haviam sido suspensas. 
 
Brasil, 1º de Novembro de 2017
Por Redação AlegriaNews| Fopto: Reprodução| BN

  

  

  

  

 

 

 

 

 

 

 

 Portal

Início
Notícias
Música
Esporte
Entretenimento
Canal Mulher
Contato

Espaço mulher

Início
Notícias
Moda
Receitas
Bem estar

Dicas de beleza

Contato