.

   

 
Após ser chamado de ‘macaco’, ator mirim JP Rufino presta queixa: ‘Não poderia me calar’
 

O ator mirim, JP Rufino, de apenas 15 anos, foi alvo de um ataque racista, no último sábado (17), enquanto fazia uma live durante a passagem da escola de samba Mangueira. O global foi agredido por um dos seguidores, que postou: "Eca, macaco sambando". Com isso, nesta segunda-feira (19), acompanhado da mãe, Martha Christina, e de dois advogados, ele prestou queixa na delegacia de crimes de internet no Rio de Janeiro. "Tomamos providências, sim, estivemos na delegacia de crimes de internet e fizemos o registro da queixa", disse Martha ao UOL. Em um post no Instagram, a mãe do ator revelou que o suposto agressor entrou em contato com a família pedindo para que o post em que Rufino denuncia o ataque racista fosse retirado do ar. Ele alegou que o seu perfil havia sido hackeado. Também através da internet, Rufino havia feito um desabafo sobre o ocorrido dizendo que "não poderia me calar... deixar passar... tamanha falta de noção"

 

Brasil, 20 de Fevereiro de 2018.
Por: Divulgação Por: Redação BN

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 Portal

Início
Notícias
Música
Esporte
Entretenimento
Canal Mulher
Contato

Espaço mulher

Início
Notícias
Moda
Receitas
Bem estar

Dicas de beleza

Contato