Confira as dicas separadas pelo especialista para ajudar você a se relacionar de forma assertiva em suas paqueras online. 

Com o advento da pandemia e com ela, a necessidade do isolamento social, a comunicação online ganhou força e, consequentemente, os relacionamentos virtuais também. No Brasil, segundo o Pew Research Center, as restrições de interação social trazidas pela Covid-19 fizeram o interesse por ferramentas de paquera online crescer em média 215%, dependendo da região do país. Mas, com tantos usuários que os aplicativos online atraem e com o imediatismo de alguns usuários em dar match,  é importante ter algumas dicas em mente para a conversa se desenvolver e com isso, aumentar as chances de criar uma conexão verdadeira.

“Você já parou para se perguntar por que algumas pessoas se dão muito bem online, mas a maioria não? A resposta é simples, porque alguns deles têm técnicas de conversa, sabem o que falar e, principalmente, o que não falar”, explica Rafael Lopes Albano, mais conhecido como Nerd Sedutor, que é especialista em sedução moderna e comportamento masculino e atualmente possui um canal no youtube com mais de 620 mil inscritos e mais de 14 Mil alunos em seus projetos fechados.  

Seu conteúdo é baseado em técnicas, padrões de comportamento e mindsets que em sua maioria ele mesmo desenvolve, tendo como princípio sempre o respeito. Confira as dicas separadas pelo especialista para ajudar você a se relacionar de forma assertiva:

Foto: Pexels

1-     Sem clichês

Começar uma conversa pode ser difícil, em especial com alguém que você não conhece. Apesar disso, segundo o especialista, é importante chegar causando um certo impacto, sem aqueles tradicionais, bom dia ou oi, tudo bem? “Busque alguma similaridade que você tenha com a pessoa e comece a conversa por aí”. Com certeza este início diferenciado já será um ponto positivo.

2-     Vamos com calma

Apesar de vivermos num tempo em que a maioria das pessoas vive conectada 24 horas por dia, nem sempre o seu crush está com o dia livre para papear. Então, outra dica muito importante segundo Rafael, é respeitar a disponibilidade da pessoa e, sobretudo, a vontade do outro em te responder ou quando te responder. Cobrar uma atenção de alguém não é legal, imagina alguém que você mal conhece. Chato, não é? Outro ponto: não fique disponível a tempo todo. Mandar mensagens demais ou passar o dia esperando retorno daquela pessoa, pode dar ao outro uma sensação de ‘desespero’. Vá com calma! “Mande suas mensagens, não fique esperando e cobrando. Quando a pessoa puder e quiser, ela vai te responder”.

3-     Evolução

Como levar aquela conversa que começou bem para a frente? Você já fez sua “entrada triunfal”, se apresentaram, falaram do que gostam. Tá e agora? É hora de evoluir esse papo. “Certifique-se que você perguntou algo. Não precisa ser uma espécie de entrevista bate-bola, onde uma pergunta e o outro responde diretamente. Mas ao conversar, é importante deixar sempre uma interrogação, gatilhos para que a conversa siga evoluindo”.

4-     Conexão emocional

Este é o último estágio da paquera e o objetivo principal. Agora que vocês se conheceram, evoluíram o papo, é hora de começar a estabelecer um vínculo afetivo. Nesse estágio, já deve estar estabelecido seu interesse a mais por aquela pessoa, e claro, o dela por você. Nada de deixar o papo cair na “friendzone”. “Geralmente começa de alguma forma engraçadinha. Depois a conversa tem que evoluir para algo emocional, algo que gere uma conexão entre vocês”.

Demonstre interesse não só pelo exterior, mas pela vida, objetivos e sonhos. Vale tudo. O importante é o emocional de ambos estarem dentro das conversas, só assim o relacionamento pode evoluir para além das telas.“ Hoje, é possível encontrar ferramentas que te ajudam a se conectar verdadeiramente com a pessoa, saindo do tradicional match pela aparência, e sim pela personalidade. A Djungo, novo aplicativo de relacionamento que acaba de chegar ao Brasil, por exemplo, de uma maneira gamificada e divertida, convida os usuários a refletirem e darem likes menos superficiais. O usuário é convidado  a responder três perguntas que ajudam a revelar afinidades e valores em comum, como: filho ou pets, dinheiro ou fama, vacinado ou não vacinado.  A foto do possível match se revela à medida que as respostas entre os usuários coincidem”.

 5-     Use as ferramentas ao seu favor

A maioria dos apps tem opções de vídeo, foto, áudios, então nada de ficar preso só em mensagens de texto! “Se você ficar sempre usando mensagens de texto, acaba se tornando previsível”. Uma foto de um pôr do sol, uma música que você ouviu, uma mensagem de voz contando algo que te deixou feliz ou empolgado. Tudo isso tem muito valor numa paquera, pois gera uma conexão emocional, que é o objetivo de quem está procurando um relacionamento. ”Vocês nem imaginam o poder de um áudio, para a pessoa escutar a sua voz, toda a sua emoção”. Importante: Use, mas não abuse das ferramentas, nada de mandar aqueles áudios de cinco minutos ou aquela foto mais íntima, sem que o outro tenha lhe dado esta abertura. Bom senso e respeito acima de tudo! 

 

Fonte: L'Officiel Brasil


 

 

 

 

 

 

 

 

 Portal

Início
Notícias
Música
Esporte
Entretenimento
Canal Mulher
Contato

Espaço mulher

Início
Notícias
Moda
Receitas
Bem estar

Dicas de beleza

Contato